Expected Goal do brasileirão 2017 por jogador até a 19ª rodada.

Jô comemora o maior xG do brasileiro 2017.

O primeiro turno do brasileirão acabou há algumas horas e o nosso Expected Goals já está atualizado. Nós vamos postar toda rodada atualizada com os dados dos 30 primeiros jogadores por diferença de xG. 

Como esse é o nosso primeiro post sobre o modelo, aqui vai uma breve explicação do que se trata: um modelo de Expected Goals atribui uma probabilidade a um chute dado (chute entendido como shot, ou seja, um arremate; ele pode ser tanto um chute quanto uma cabeçada em direção ao gol) levando em consideração a distância desse chute, o ângulo e a origem da jogada (se foi uma jogada normal, contra-ataque, escanteio, falta, etc.). Para isso, todos os chutes dados no campeonato brasileiro desde 2013 até a última rodada do brasileiro de 2017 foram levados em consideração. Isso quer dizer que essas probabilidades atribuídas aos chutes, ou o Expected Goal deles, são determinadas pelo histórico do próprio campeonato brasileiro desse período.

Neste link, nós damos uma explicação mais aprofundada de como o modelo funciona, e também dois links que estarão atualizados com a última rodada: um Expected Goal para clubes e um Expected Goal para jogadores.

Na tabela abaixo, nós apresentamos os seguintes dados: Finalizações: o número total de finalizações do jogador no campeonato; xG: a soma do Expected Goal de cada chute dado pelo jogador no campeonato; Diferença: a diferença entre os gols marcados e a soma do xG do jogador. A ordem é dada pela Diferença.

É importante destacar aqui que os pênaltis são levados em consideração. Esse é um dos motivos de o Henrique Dourado ter o xG tão elevado.

Nome Finalizações xG Gols Diferença
1 Jô ( Corinthians ) 43 7,32 11 3,68
2 Lucca ( Ponte Preta ) 55 6,50 10 3,50
3 André ( Sport ) 40 5,52 9 3,48
4 Henrique Dourado ( Fluminense ) 32 7,61 10 2,39
5 Jonathan Copete ( Santos FC ) 21 2,63 5 2,37
6 Roger ( Botafogo RJ ) 32 4,77 6 1,23
7 Diego ( Flamengo ) 32 2,84 4 1,16
8 Everton ( Gremio ) 25 3,86 5 1,14
9 Diego Souza ( Sport ) 31 4,86 6 1,14
10 Thiago Neves ( Cruzeiro ) 61 4,90 6 1,10
11 Neilton ( Vitoria ) 16 3,09 4 0,91
12 Ramiro ( Gremio ) 25 3,19 4 0,81
13 Bruno Henrique ( Santos FC ) 22 3,31 4 0,69
14 Lucas Barrios ( Gremio ) 14 3,36 4 0,64
15 Ramón Ábila ( Cruzeiro ) 12 2,65 3 0,35
16 Luis Fabiano ( Vasco da Gama ) 36 4,67 5 0,33
17 Richarlison ( Fluminense ) 32 4,76 5 0,24
18 Willian ( Palmeiras ) 22 2,76 3 0,24
19 Kléber Gladiador ( Coritiba ) 24 3,81 4 0,19
20 Arthur ( Chapecoense AF ) 52 3,85 4 0,15
21 Fred ( Atletico MG ) 25 4,90 5 0,10
22 Wellington Paulista (Chapecoense) 27 2,92 3 0,08
23 Kayke ( Santos FC ) 25 2,98 3 0,02
24 Sassá ( Cruzeiro ) 16 3,21 3 -0,21
25 Lucas Pratto ( Sao Paulo ) 64 5,29 5 -0,29
26 Kieza ( Vitoria ) 12 3,29 3 -0,29
27 Luan ( Gremio ) 46 5,33 5 -0,33
28 Júnior Dutra ( Avai FC ) 31 3,41 3 -0,41
29 Paolo Guerrero ( Flamengo ) 48 5,45 5 -0,45
30 Rafael Moura ( Atletico MG ) 25 3,55 3 -0,55
31 Rodriguinho ( Corinthians ) 36 3,59 3 -0,59
32 Miguel Borja ( Palmeiras ) 26 3,64 3 -0,64
33 Juan Cazares ( Atletico MG ) 43 2,64 2 -0,64
34 Andrigo ( Atletico GO ) 34 2,74 2 -0,74
35 Edigar Junio ( Bahia ) 17 2,84 2 -0,84
36 Henrique Almeida ( Coritiba ) 39 5,85 5 -0,85
37 Everaldo ( Atletico GO ) 43 6,27 5 -1,27
38 Christian Cueva ( Sao Paulo ) 20 2,81 1 -1,81
39 Jean ( Palmeiras ) 21 2,97 1 -1,97
40 André Lima ( Vitoria ) 13 4,66 2 -2,66

A campanha que o Jô vem fazendo, liderando o xG até o momento, é de grande destaque. Embora ele seja um dos jogadores que mais chuta, seu aproveitamento é de fato muito grande.

Outra curiosidade importante a se destacar é o xG do Luan, do Grêmio. Apontado por muitos como o grande craque do campeonato, a diferença entre seus gols marcados e seu xG é negativa. O penalti perdido penalizou bastante o atacante, assim como o grande número de tentativas. Aqui, não se faz nenhuma crítica ao atacante, titular em provavelmente todos os times do país, apenas os dados indicam que seu xG está abaixo da média. Em breve discutiremos com mais profundidade os números de Luan, e é claro, de Jô. Este último merece um post exclusivo.

Nota:  O propósito do xG (aqui neste blog) não é prever, antes do chute ser realizado, se a bola vai entrar ou não. Nós usamos o xG para avaliar a qualidade de uma chance de gol e, portanto, a qualidade da performance de um clube.
Portanto, olhamos o xG como a probabilidade de um chute se tornar um gol quando um jogador médio do campeonato tenta finalizar na mesma situação. Isso nos dá a seguinte interpretação: “Se um jogador médio tentasse esse chute 100 vezes, nesta mesma oportunidade de gol, ele provavelmente marcaria 25 gols”, o que corresponderia a uma oportunidade de gol com xG igual a 0,25. Neste blog, nós assumimos esta definição de xG.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s